top of page

Unifique compra carteira de clientes da Naxi em Santa Catarina



A Unifique anunciou nesta segunda-feira, 3, a aquisição da carteira de clientes de um provedor regional em Santa Catarina: trata-se da Naxi, que soma cerca de 17,5 mil assinantes nas cidades de Jaraguá do Sul, Guaramirim, Schroeder e Massaranduba. O preço base da aquisição é de R$ 35,1 milhões. A Naxi é a empresa detentora da carteira de clientes oriundos da Naxi Telecomunicações, que atua desde 2009 no mercado de provedor de Internet. A Unifique fará locação da rede que atende a carteira, com opção de compra da infraestrutura enquanto planeja a migração para sua própria rede ou a integração de ambas. "A aquisição representa 3% da base de clientes atuais da companhia no Estado de Santa Catarina e faz parte de sua estratégia de crescimento e consolidação de uma base relevante de clientes atendidos com a tecnologia fibra óptica no mercado catarinense", afirmou a Unifique, em fato relevante. Pelo preço base de aquisição (Equity Value) de R$ 35,8 milhões, a catarinense está pagando cerca de R$ 2 mil por assinante da Naxi. Os valores serão repassados aos atuais acionistas da adquirida da seguinte forma: uma primeira parcela a ser paga até dia 10 de julho de 2023 no montante total de R$ 10,9 milhões; parcelas 2 e 3 pagas a partir de 20 de julho de 2023 de forma mensal, sucessiva e consecutiva, no valor de R$ 7,7 milhões parcelas 4 a 7 pagas de forma mensal, sucessiva e consecutiva, no valor de R$ 1 milhão parcelas de 8 a 37 pagas de forma mensal, sucessiva e consecutivamente, no valor de R$ 49 mil; e uma parcela 38 no valor de R$ 3,5 milhões, correspondente a 10% do preço de aquisição a ser paga 60 meses a contar da data de fechamento.

As parcelas estão sujeitas à correção monetária mensal pela variação positiva do IPCA, ou outro índice oficial que venha substituí-lo, acrescido de 2% ao ano. Pelos termos, a Unifique deve adquirir a totalidade do capital social da operação. A sociedade comprada não possui dívida líquida, informa a provedora. "O Preço Base de Aquisição está sujeito, ainda, a determinados ajustes decorrentes da transferência de aproximadamente 17,5 mil acessos, dos ativos envolvidos na transação, e das obrigações de indenização assumidas. O contrato celebrado contém cláusula de Obrigação de Não Concorrência das partes vendedoras pelo período de cinco anos", notou a Unifique – que ainda vai concluir laudo de avaliação sobre a Naxi antes de celebrar o fechamento da operação.



7 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page