top of page

Axur recebe aporte da Igah


A Axur, startup brasileira de cibersegurança com sede em Miami, acaba de receber um aporte em rodada série B que contou com a Igah Ventures como única investidora. O aporte, que não teve valor revelado, veio do terceiro fundo da gestora de venture capital, de US$ 130 milhões (cerca de R$ 613 milhões). Fundada em 2012 por Fabio Ramos, a Axur oferece serviços em modelo de Software as a Service (SaaS) e atua no monitoramento e remoção de dados vazados em sistemas, anúncios falsos e tentativas de phishing. Sua plataforma de cibersegurança processa 6 bilhões de sinais de web e internet ​​mensalmente. Entre seus cerca de 600 clientes, estão nomes como Claro, Natura, ArcelorMittal, Azul, PicPay e Dotz. Ramos, atual CEO da Axur, já foi investidor na Ventiur.net, WOW Aceleradora e TiqueTaque, onde também é presidente do conselho. Segundo a startup, o aporte será utilizado para acelerar a expansão internacional e captar clientes em em mercados da Europa, Ásia e Estados Unidos. Atualmente, cerca de 30% da receita da Axur já vem do exterior, principalmente de países da América Latina. Conforme o NeoFeed, o aporte na Axur é um dos últimos feitos pelo terceiro fundo da Igah, que conta com 19 empresas investidas no total. Além da Axur, a gestora também utilizou seu terceiro fundo para investir nas startups CondoConta, uma fintech para condomínios e administradores de propriedades, e Dattos, de análises de dados financeiros. Os aportes variaram entre US$ 1 milhão e US$ 25 milhões. Segundo o NeoFeed, ainda há cerca de US$ 25 milhões disponíveis no fundo, mas a maior parte do valor deverá ser utilizada para rodadas de follow-on. A Igah Ventures foi criada por Pedro Sirotsky Melzer, um integrante da família dona do grupo de comunicação gaúcho RBS. Ele está no mundo dos fundos desde 2013, quando criou a e.Bricks Ventures. Desde que surgiu, a Igah Ventures já levantou três fundos, que somados captaram US$ 320 milhões e investiram em startups como Infracommerce (que abriu o capital), Contabilizei, Unico, Avenue e Conexa Saúde. No ano passado, a gestora foi adquirida pelo Pátria Investimentos, um dos maiores fundos do Brasil.



16 visualizações0 comentário

Opmerkingen


bottom of page