Vero Internet compra Empire Telecom

Segmento de provedores de acesso à internet está atravessando consolidação.



A Vero Internet comprou a Empire Telecom, companhia com 18 mil clientes espalhados em 12 cidades do Oeste de Santa Catarina e Sudeste do Paraná.

A Empire tem 75 colaboradores e uma rede 100% formada por tecnologia de fibra óptica com mais de 500 km de cabos que cobrem a região e atendem os mais diversos clientes corporativos e residenciais.

Com a aquisição, a Vero amplia a base de clientes em 5%, para 371 mil assinantes, e passará a atender 105 cidades, reforçando a presença que já tinha no Paraná e Santa Catarina. A companhia também está em Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

“O ano de 2021 promete ser o nosso melhor ano em termos de crescimento e rentabilidade. Continuaremos crescendo, aumentando investimentos em infraestrutura e inovação em produtos e serviços”, afirma Fabiano Ferreira, diretor presidente da Vero Internet.

Ferreira é um executivo experiente no setor, com passagem por cargos de vice presidência na TIM, Telefônica e GVT, sendo que nesta última empresa atuou por 15 anos.

Em 2020, mesmo em meio ao cenário de Covid-19, a Vero dobrou o investimento em relação a 2019.

O investimento incluiu ampliação do backbone e a compra do grupo INB Telecom no Rio Grande do Sul, presente na região metropolitana de Porto Alegre e cidades litorâneas do estado, agregando outros 78 mil clientes.

O plano de investimentos prevê R$ 750 milhões até 2023, visando chegar a 200 municípios atendidos.

Quem está bancando as compras é o fundo Vinci Partners, que criou a empresa em 2019 e desde então já fez 10 aquisições de provedores regionais.

Com centenas de players espalhados pelo país, o mercado de provedores regionais de fibra óptica é muito segmentado.

O Brasil tem mais de cinco mil provedores regionais, espalhados por partes do país que não são atendidas por grandes operadoras.

Mas existem alguns indícios de que isso pode mudar, com investimento pesado entrando no segmento.

A EB Capital, gestora de private equity de Eduardo Sirotsky Melzer, levantou no ano passado R$ 2 bilhões para a EB Fibra, seu projeto de banda larga.

A EB Fibra começou em 2018 com a aquisição da Sumicity, que opera no interior do Rio de Janeiro. Desde então, a empresa saltou de 90 mil assinantes para 280 mil.

No final de setembro de 2020, a EB Fibra comprou a Mobi Telecom, que tem sede em Fortaleza e atende mais de 150 cidades no Norte e Nordeste do país.

Juntas, Sumicity e Mobi somam um backbone de 50 mil quilômetros de fibra (um dos maiores entre as provedoras regionais) e mais de 450 mil assinantes.


Publicado em: www.baguete.com.br

3 visualizações0 comentário
Akurat Consultoria Empresarial
Rua Dr. Cesar, 1161 - Conj. 505
Santana- São Paulo - SP

mail: akurat@akurat.com​.br