Totvs capta R$ 1,44 bi em follow-on,declina hot issue



A Totvs vendeu novas ações a R$ 36,75 e levantou R$ 1,44 bilhão para o caixa, aproveitando a resiliência de sua ação em meio a uma correção global dos mercados. Os papéis saíram com desconto de 0,95% em relação ao fechamento de hoje, de R$ 37,10. A empresa de Laercio Cosentino optou por não exercer o hot issue, que aumentaria a oferta em 65%. A adesão dos atuais acionistas à oferta prioritária foi de 60%. A operação foi concluída apesar do mercado nervoso dos últimos dias, por questões domésticas e globais, como a quebra em câmera lenta da gigante chinesa Evergrande. Do lançamento do follow-on, no dia 13, até hoje, o Ibovespa recuou 3,45%, mas as ações da Totvs caíram apenas 2,8% — pouco, comparado com o estrago em setores. A Totvs captou os recursos para fechar aquisições; nas conversas sobre a operação, o CEO Dennis Herszkowicz disse que a empresa tem mais de 10 alvos. A maioria seriam deals de até R$ 200 milhões, mas a lista inclui uma potencial aquisição estimada pela empresa entre R$ 1,5 bilhão e R$ 3 bilhões. A empresa havia acessado o mercado pela última vez em 2019 com uma oferta de R$ 1 bilhão. Depois disso, fechou a compra da financeira Supplier; da Consinco, líder em softwares de gestão para o varejo alimentar; e da RD Station, a empresa de automação de marketing digital. Recentemente, a Totvs também anunciou uma joint venture com a B3 para fornecer soluções tecnológicas para participantes do mercado. Os coordenadores foram BTG Pactual (líder), Itaú BBA, Morgan Stanley, Citi, Santander e UBS BB.


Publicado em: braziljournal.com

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo