Omie compra startup G-Click após receber R$ 580 mi do SoftBank

A plataforma de ERP quer intensificar seu relacionamento com contadores para chegar a mais pequenas e médias empresas


A plataforma de gestão em nuvem Omie sabe que o caminho mais curto para chegar até as pequenas empresas brasileiras é através dos contadores. Ao longo dos últimos anos, criou soluções e ferramentas para fidelizar mais de 16.000 escritórios contábeis no seu ecossistema. Agora, dá um passo além com a aquisição de 100% da operação da startup G-Click, dona de uma ferramenta web feita para otimizar a gestão de tarefas de escritórios de contabilidade. O valor da transação não foi divulgado.


"O contador é nosso maior gerador de leads aqui na Omie. Mais de 90% dos clientes vêm através de indicações de escritórios de contabilidade. Então, para nós, é importante estar presente na vida deles", diz Marcelo Lombardo, fundador e presidente da Omie, ao EXAME IN. Para o empreendedor, a solução da empresa se destaca por ter sido construída por contadores para contadores. "A plataforma é muito visual, ajuda o profissional a controlar os processos sem precisar ficar controlando dezenas de planilhas", diz.


A G-Click chamou a atenção da Omie ainda em 2019, quando a companhia decidiu comprar 10% de participação no negócio para alavancar seu crescimento. Na época, a empresa tinha cerca de 200 contadores usando sua solução de monitoramento de tarefas; hoje, são mais de 26.000.


Com a compra da operação, os 20 funcionários da startup serão incorporados pela Omie. Cristiane Andrade, fundadora e presidente da G-Click, passa a ocupar o cargo de diretora de relacionamento com contadores da Omie e terá como objetivo de potencializar ações que tragam ainda mais soluções para este ecossistema.


“Estou muito animada para unir minha expertise de anos atuando junto à comunidade contábil com a Omie. Com a incorporação, nós vamos aumentar a inteligência do G-Click e melhorar ainda mais a experiência dos nossos atuais e futuros clientes, combinando o nosso produto a tudo que a Omie vem construindo", afirma a executiva.


Essa é a terceira aquisição que a Omie faz em menos de um ano e a segunda após a rodada Série C de R$ 580 milhões liderada pelo SoftBank em agosto. Ainda no início de setembro, a Omie anunciou a compra da Devi Tecnologia, que desenvolve soluções de software para vendas. Em novembro do ano passado, a empresa adquiriu o Mintegra, solução que integra marketplaces e plataformas de e-commerce a sistemas de gestão.


Publicado em: exame.com

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo