Oi vende datacenters e torres por R$ 1,4 bilhão



Apesar de chamados de leilões, foram vendidos nesta quinta, 26/11, sem concorrência, duas das fatias nas quais a Oi foi dividida para fazer frente às dívidas com a alienação de diferentes braços do grupo. Pelos valores mínimos, apresentados pelas únicas interessadas, a Oi vendeu cinco datacenters e 637 torres. No total, vai embolsar R$ 1,4 bilhão. A “UPI Torres”, que além das torres engloba 220 antenas internas em shoppings centers, uma em hospital e outra em estádio, foi comprada pela Highline, veículo de investimento especializado em infraestrutura do fundo norte-americano Digital Colony. O preço foi o mesmo que baseou o valor mínimo do leilão, R$ 1,066 bilhão. Dois dias antes, a mesma Highline arrematou 2,5 mil torres ao comprar a Phoenix. Já a “UPI Data Center” compreende instalações da Oi em Brasília, São Paulo, Porto Alegre e Curitiba. No caso do datacenter em Brasília, a venda inclui o imóvel onde ele está instalado – embora isso ainda dependa de anuência da Anatel. Nos demais, a utilização deverá ser garantida por contratos de locação. Por ter apresentado a proposta que baseou o preço mínimo, de R$ 325 milhões, a Titan Venture Capital e Investimentos, veículo de investimentos da Piemonte Holding, poderia até cobrir outras ofertas, mas elas não apareceram junto à 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, onde nesta quinta foram abertos os envelopes definitivos.


publicado em: convergenciadigital.com.br


4 visualizações0 comentário