Locaweb compra ConnectPlug

Esta é a primeira aquisição da companhia em 2021 e a sexta desde o IPO, em fevereiro do ano passado.



A Locaweb acaba de anunciar a aquisição da ConnectPlug, plataforma que reúne soluções de PDV, ERP e autoatendimento para restaurantes, comércio e varejo em geral.

Desta vez, a companhia não revelou o valor nem detalhes da transação, apenas informou que os fundadores Rafael Hasson, Bernardo Marques e Edson Procópio permanecerão na operação e manterão o time de colaboradores.


Fundada em 2015 em Curitiba, a ConnectPlug é uma plataforma SaaS com um sistema de ponto de venda (PDV) e uma plataforma de gestão, inicialmente desenvolvida para o mercado de food service.


Sua solução oferece ferramentas como a integração de pedidos em diversos marketplaces, plataformas de autoatendimento e soluções para cardápios e comandas digitais totalmente integrados com o sistema de gestão de cozinha (KDS, na sigla em inglês).


"Criamos a plataforma para atender a demanda de um dos sócios, que tinha um restaurante e estava muito insatisfeito com as soluções disponíveis no mercado e com o modelo de atuação delas, que eram desenhados principalmente para atender grandes empresas", conta Rafael Hasson, cofundador e CEO da ConnectPlug.


Em 2020, a startup gerou uma receita anual recorrente (ARR) de R$ 4 milhões e, com o crescimento, passou a atender outros segmentos com foco em pequenas e médias empresas.


"Tenho o imenso prazer de anunciar não só mais uma aquisição, mas uma importante entrada da Locaweb no segmento de PDVs e digitalização do comércio físico, o que amplia as soluções de omnicanalidade do grupo, principalmente para integrar com as lojas da Tray e com os restaurantes atendidos pela Delivery Direto", destaca Fernando Cirne, CEO da Locaweb.


Esta é a sexta aquisição da Locaweb depois de abrir capital na bolsa em fevereiro de 2020.


As compras mais recentes haviam sido em dezembro, quando a companhia fez duas aquisições.


Primeiro, comprou a Ideris, uma plataforma que permite a lojistas fazer integrações diretas em sites de e-commerce, por R$ 18,3 milhões. Dias depois, adquiriu a Melhor Envio, plataforma gaúcha de logística para e-commerce, por R$ 83 milhões.


Em outubro, a Locaweb investiu R$ 180 milhões no controle da Vindi, uma empresa de software as a service (SaaS) que processa e faz a gestão de pagamentos recorrentes com clientes como Exame, Empiricus e Resultados Digitais.


Antes, a companhia pagou R$ 22,2 milhões pela Social Miner e R$ 18,9 milhões pela Etus, aquisições que seguiram a mesma lógica de complementaridade e cross selling.

Muitas outras compras devem vir pela frente.


Em fevereiro, a Locaweb revelou que tinha uma lista de compras com 107 empresas e já está em conversas com 36 delas para fechar possíveis fusões e aquisições.

Fundada no final dos anos 90 pelos primos Gilberto Mautner e Claudio Gora, a Locaweb tem 60% da sua receita vinda de hospedagem de sites, mercado no qual é líder no país com 21,6% de share, bem à frente do segundo player, a Hostgator, com 8%; e do UOL, com 6,6%.

A companhia fechou 2019 com um faturamento de R$ 385,7 milhões, uma alta de 22,5% frente aos resultados do ano anterior. O lucro líquido ajustado foi de R$ 28,2 milhões, uma alta de 48,4%.

O segmento de e-commerce teve o melhor desempenho, com uma alta de 46,5% no faturamento.

No total, a Locaweb possui mais de 1,5 mil funcionários, quase 400 mil clientes e 19 mil desenvolvedores parceiros.


Publicado em: www.baguete.com.br

7 visualizações0 comentário
Akurat Consultoria Empresarial
Rua Dr. Cesar, 1161 - Conj. 505
Santana- São Paulo - SP

mail: akurat@akurat.com​.br