Justiça proíbe patrões de demitirem por 90 dias no setor de tecnologia da informação



O TRT (Tribunal Regional do Trabalho) proibiu a demissão pelo prazo de 90 dias dos trabalhadores do setor de tecnologia da informação em todo o estado de São Paulo.


Segundo a Folha de São Paulo, foi determinada, ainda, que seja aplicado reajuste de 3,43% sobre salários e demais benefícios. O percentual é retroativo a 1º de janeiro.


Ainda de acordo com a publicação, o Sindpd (sindicato dos trabalhadores da área) afirmou que a decisão foi tomada como forma de punição pelo caso ter sido levado à Justiça. Desde o início do ano, não há acordo com os patrões.


Os empregadores se queixaram do resultado das negociações e lamentaram a decisão.


Luigi Nese, presidente do Sindicato das Empresas de Processamento de Dados de SP, disse concordar com o reajuste concedido, mas ser contra a proibição de demissão. 


Na prática, os empregadores não estão proibidos de demitir, mas precisarão pagar ao funcionário desligado salários como se tivesse trabalhado até 28 de novembro de 2019.


Também há o direito ao aviso-prévio.

publicado em: bnews.com.br


75 visualizações
Akurat Consultoria Empresarial
Rua Dr. Cesar, 1161 - Conj. 505
Santana- São Paulo - SP

mail: akurat@akurat.com​.br