top of page

Hypera compra operação de produção de matéria-prima do Buscopan por R$190 mi



A Hypera (HYPE3) informou nesta terça-feira, 10, que sua subsidiária Neolatina Comércio e Indústria Farmacêutica assinou um Quota Purchase Agreement com a Boehringer Ingelheim do Brasil para aquisição de sociedade responsável pela produção de matéria-prima relacionada a escopolamina, princípio ativo do medicamento Buscopan. A operação tem valor de aproximadamente R$ 190 milhões. A operação, segundo a Hypera, garante autonomia no abastecimento do principal insumo do Buscopan, referência no mercado farmacêutico brasileiro de produtos isentos de prescrição (OTC), e permite que a companhia venda o excedente de matéria-prima a terceiros. A conclusão da transação está sujeita ao cumprimento de condições precedentes, incluindo aprovação da autoridade antitruste. Segundo o Bradesco BBI, a compra é “oportuna” para a Hypera. A produção incluiu o cultivo no Brasil da duboísia, de onde é extraído o composto; a extração de escopolamina na Alemanha e a exportação do componente de volta ao Brasil. A transferência de know how deve acontecer até 2025 com investimentos estimados em R$ 50 milhões, mas os ganhos financeiros com a aquisição só devem acontecer no ano seguinte. “A verticalização deve aumentar a margem bruta com Buscopan em 5 pontos pecentuais”, diz análise do BBI. As receitas do medicamento giram em torno de R$ 350 milhões atualmente. Além disso, a Hypera vai conseguir comercializar o excedente de produção de escopolamina. “Vemos o negócio como positivo, dado o potencial de aumento do nosso preço-alvo para a ação ao final de 2022 em R$ 0,63, representando um upside de 1,8% sobre o preço-alvo atual. Acreditamos que este foi um negócio oportuno e, de acordo com a companhia, outras transações visando a verticalização da produção não são esperadas”, disseram os analistas. O Bradesco BBI tem classificação outperfom (desempenho acima da média do mercado) para HYPE3, com preço-alvo de R$ 48, potencial de valorização de 36% em relação ao fechamento da véspera. (com Estadão Conteúdo)

Publicado em: infomoney.com.br


5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page