top of page

HCLTEch quer dobrar no país


A HCLTech pretende quase dobrar o número de funcionários no Brasil nos próximos dois anos, chegando a 2,1 mil no total. Os planos de expansão incluem a abertura de uma operação em Campinas, no interior de São Paulo. Hoje, a multinacional indiana tem 1,1 mil funcionários, espalhados por escritórios em São Paulo, Curitiba e São Leopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre, além de home office e alocados em clientes. A empresa não abriu quantas contratações devem ser feitas para Campinas, exclusivamente. “Estamos trabalhando para nos tornarmos o parceiro digital de preferência para nossos clientes brasileiros, entregando soluções tecnológicas de alta qualidade para ajudar nossos clientes locais e globais em suas jornadas de transformação”, afirma Fabiano Funari, country head para o Brasil da HCLTech. A HCLTech vinha trabalhando de maneira muito discreta, pelo menos nos últimos anos. A gigante indiana surgiu no mercado brasileiro em 2009, ao decidir abrir um centro de tecnologia no Tecnosinos, um parque tecnológico em São Leopoldo (na época, o nome ainda era HCL). A última informação do Baguete sobre o headcount antes do anúncio de hoje é ainda de 2012, quando a companhia empregava 400 funcionários no país. Na época, a HCLTech tinha alguns grandes contratos com clientes como Ricardo Eletro e a Lojas Renner. Funari é um nome relativamente novo na HCLTech. Ele foi contratado em abril de 2021, vindo da Wipro, outra gigante indiana, onde era general manager. Trata-se de um executivo experiente, no mercado desde 1989 e com passagens por cargos de diretoria na área de vendas da Tivit e na BRQ.


Publicado em: baguete.com.br


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page