top of page

Gupy levanta R$ 500 milhões



A Gupy, uma das startups de maior destaque no nicho de soluções para RH, recebeu um aporte de R$ 500 milhões em rodada liderada pelo SoftBank e pela Riverwood Capital, com participação de Endeavor Catalyst, Oria Capital e Maya Capital. Fundada em 2015, a empresa paulistana foi criada por Mariana Dias (CEO) e Bruna Guimarães (COO), que trabalharam juntas na Ambev, além de Guilherme Dias (CMPO), ex-EloGroup e irmão de Mariana, e Robson Ventura (CTO), ex-Hotel Urbano. Segundo o site Startups, a hrtech nasceu como uma ferramenta de recrutamento, entrou no segmento de admissão em 2020 e, no ano passado, adicionou os treinamentos com sua primeira aquisição, a maranhense Niduu. Hoje a Gupy está presente em 10 países e publica 20 mil vagas por mês. São 22 milhões de usuários cadastrados na plataforma, sendo 6 milhões somente no último mês. Entre os seus 1,5 mil clientes, estão Ambev, Cielo, GPA, Vivo e Renner. Desde a sua fundação, a empresa já captou quase US$ 100 milhões e vem dobrando de tamanho ano a ano. A rodada atual é a maior da história da companhia, do mercado em que atua, bem como a maior para uma startup criada por mulheres na América Latina. Com o aporte, a hrtech planeja fomentar o plano de consolidar uma plataforma única e completa para departamentos de recursos humanos, no estilo “one stop shop”. Além disso, a equipe deve aumentar de 500 para 700 profissionais. Na estratégia de crescimento, ainda estão previstas novas aquisições, desenvolvimentos próprios e também a composição com produtos e serviços de parceiros quando for necessário. Além de ofertas para os clientes corporativos nas dimensões de recrutamento, admissão e treinamento, a Gupy pretende se aproximar mais do público final, onde afirma haver uma carência de treinamento.


4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page