top of page

Grupo GPS (GGPS3) compra 60% da Motus



O Grupo GPS (GGPS3) comunicou nesta terça-feira (29/03) que adquiriu, por meio da controlada In-Haus Industrial e Serviços de Logística, 60% das quotas de emissão da Motus. Segundo fato relevante divulgado ao mercado, o contrato de compra e venda foi celebrado hoje. A Motus atua com prestação de serviços de logística, especialmente em Minas Gerais e São Paulo. A empresa teve dentro de um período de 12 meses encerrado em 28 de fevereiro de 2022 receita bruta de aproximadamente R$ 107 milhões. A conclusão da aquisição está sujeita a determinadas obrigações e condições precedentes, incluindo a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). A aquisição da Motus chega após o anúncio de aquisição da empresa de serviços de manutenção industrial Sulzer Brasil. A Motus é a quarta aquisição do Grupo GPS só em 2022. Além da Motus e da Sulzer, a companhia também fechou acordo para a compra da Ormec e da Force, sendo que a transação do último ativo foi concluída. Em relatório divulgado no início do ano, a Ágora Investimentos afirmou que o Grupo GPS está no caminho para entregar R$ 1,6 bilhão em receitas pró-forma provenientes de aquisições neste ano. O Grupo GPS divulgou os resultados referentes ao quarto trimestre de 2021. A companhia apresentou lucro líquido ajustado 10% maior do que o registrado no mesmo período do ano anterior, somando R$ 119 milhões. A receita líquida totalizou R$ 1,9 bilhão, valor 30% maior em relação a um ano antes. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado foi de R$ 197 milhões, representando uma alta de 6% comparado aos últimos três meses de 2020.


Publicado em: moneytimes.com.br

5 visualizações0 comentário
bottom of page