Grupo GPS está no caminho para entregar R$ 1,6 bi em receitas de aquisições em 2022, projeta Ágora


O Grupo GPS (GGPS3) informou em fato relevante divulgado na noite desta quarta-feira (12) que foi aprovada pelo conselho de administração a aquisição da Force, prestadora de serviços de segurança privada, sistemas eletrônicos de segurança e serviços de facilities com atuação no Paraná. A notícia é positiva, na avaliação da Ágora Investimentos, pois marca o início dos movimentos de fusões e aquisições (M&A, na sigla em inglês) da companhia em 2022. A transação também é estratégica, pois fortalece a atuação da companhia no Sul do país. A Force, composta pela Force Vigilância e a Force Serviços Terceirizados, registrou receita bruta de aproximadamente R$ 142,5 milhões no período de 12 meses findo em 30 de setembro de 2021. Segundo a Ágora, a GPS está no caminho para entregar R$ 1,6 bilhão em receitas pró-forma provenientes de aquisições neste ano. Na opinião da corretora, a Force poderia adicionar R$ 0,10 à ação da GPS, considerando sinergias e com base na média histórica do múltiplo de aquisição de 5,5 vezes EV/Ebitda (valor de empresa sobre Ebitda) da companhia e uma margem Ebitda de 4%. A conclusão da aquisição está sujeita ao cumprimento de obrigações e condições precedentes, incluindo a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e a autorização pelo Departamento de Polícia Federal do Ministério da Justiça e Segurança Pública.


Publicado em: moneytimes.com.br


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo