top of page

Fusões e Aquisições em tecnologia miram integração de novas capacidades, diz relatório


Ao realizar operações de Fusões e Aquisições (M&A), as gigantes do setor de tecnologia miram adquirir e integrar de maneira massiva novas capacidades às suas operações.


De acordo com o relatório Global M&A Report 2022, divulgado pela Bain & Company, as grandes empresas de tecnologia adquirem dezenas de pequenas organizações, com negócios custando menos de US$ 500 milhões, representando cerca de 96% de todas os M&A realizados pelo segmento. Isso exige uma abordagem eficiente à integração. O estudo da Bain destacou que os principais objetivos das empresas de tecnologia em suas estratégias de M&A se dão em ter acesso aos novos talentos profissionais e às inovações consideradas de ponta e essenciais para ajudá-las a crescer, especialmente com foco em liderar a próxima onda de transições do setor. A Bain ressalta, no entanto, que há um grande desafio nesse processo, especialmente porque algumas empresas de tecnologia estão adquirindo mais de 30 companhias de menor porte em um ano. "Muitas vezes, o foco agregado necessário para lidar com esse volume de negócios causa grandes possibilidades de dar lugar a um negócio sem foco claro, com tensões culturais e desgaste de talentos", diz o relatório. A pesquisa afirma que a estratégia de uma empresa do setor para adquirir novas metas de capacidade deve estar rigorosamente ligada à sua estratégia global de negócio. Em meio à interrupção implacável do setor nos últimos anos, diz a Bain, essas estratégias estão mudando constantemente. Assim, os objetivos e prioridades de M&A precisam mudar de maneira concomitante, exigindo revisões de segmentos e de prioridades. Outro ponto importante destacado no relatório da Bain diz respeito às sinergias que serão observadas no processo de integração entre empresa compradora e adquirida. De acordo com o estudo, as empresas que melhor constroem uma interface de integração, com alta agilidade de integração dos processos e das equipes, são as que melhor conseguem focar na criação de valor em cada um desses negócios. Para ler o relatório na íntegra do Global M&A Report 2022, da Bain & Company (em inglês), acesse o link.


Publicado em: tiinside.com.br


7 visualizações0 comentário
bottom of page