Fundo da norueguesa Equinor investe em empresa de baterias no Brasil



Um fundo da petroleira norueguesa Equinor celebrou acordo de investimento para se tornar acionista de uma empresa de sistemas de armazenamento com baterias no Brasil, a MPC, que tem como sócios a elétrica brasileira Comerc, a norte-americana Micropower e a alemã Siemens. O negócio foi aprovado sem restrições pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), de acordo com publicação do órgão antitruste no Diário Oficial da União. A transação fará com que o Fundo Equinor, voltado a energias renováveis e soluções de baixa emissão de carbono, passe a deter 9% da MPC, que atua no desenvolvimento e locação de equipamentos para serviços de armazenamento de energia em baterias (ESaaS) e sistemas de energia solar distribuída. O fundo também passará a ter 32,33% do capital de empresas criadas pela MPC para operar ativos para projetos de armazenamento e energia solar de seus clientes, segundo parecer do Cade sobre a operação.


“A operação está alinhada com o interesse da Equinor em investir em recursos energéticos limpos e renováveis”, apontou o órgão do governo. Ainda de acordo com o documento do Cade, a MPC também pretende desenvolver atividades em sistemas de energia solar distribuída para clientes e em serviços de armazenamento com baterias voltados a atender grandes projetos de geração de energia eólica e solar desenvolvidos por elétricas no Brasil. Os valores envolvidos na operação entre o fundo da Equinor e a MPC não foram revelados nos documentos disponíveis no Cade.


Publicado em: moneytimes.com.br


30 visualizações
Akurat Consultoria Empresarial
Rua Dr. Cesar, 1161 - Conj. 505
Santana- São Paulo - SP

mail: akurat@akurat.com​.br