top of page

EY anuncia Empreendedor do Ano no Brasil



Hélio Bruck Rotenberg, CEO e fundador da Positivo Tecnologia, foi premiado pela EY, líder mundial em serviços de auditoria e consultoria, como Empreendedor do Ano. Nas 24 edições do prêmio da EY, criado em 1998, só quatro empresários da área de TI levaram a premiação: Aleksandar Mandic, da Mandic, em 1998; Laércio Cosentino, da Totvs, em 1999; Marco Stefanini, da Stefanini IT Solutions, em 2021; e Cesar Gon, da CI&T, em 2019. O prêmio Master também já foi concedido para grandes nomes da economia brasileira como Roberto Medina, do Rock in Rio, em 2015; Alexandre Costa, da Cacau Show, em 2010; e Miguel Gellert Krigsner, do O Boticário, em 2004. Rotenberg representará o Brasil na etapa global do Programa em Mônaco, em junho. O empresário é mestre em Informática pela PUC-RJ e empreende desde os 18 anos. Aos 27 anos, ele fundou a Positivo, fabricante paranaense de equipamentos como PCs e smartphones que hoje está entre as maiores empresas do segmento no país. “Com muito trabalho, estamos conseguindo levar soluções inovadoras às famílias e às empresas brasileiras, cumprindo o propósito de tornar o dia a dia delas mais inteligente com a tecnologia”, disse Rotenberg em seu discurso de agradecimento. Ronaldo Tenório, CEO e cofundador da Hand Talk, foi o representante na categoria Impacto Socioambiental. Em Emerging, o destaque ficou com Emily Ewell e Duda Camargo, sócias-fundadoras da Pantys. O reconhecimento como Executivo Empreendedor foi concedido a Walter Schalka por sua atuação como presidente da Suzano. Em Family Enterprise, o destaque ficou com Flávio Rocha, presidente do Conselho de Administração do Grupo Guararapes, do qual faz parte a rede de lojas Riachuelo. Criado em 1986 nos Estados Unidos, o programa já homenageou mais de 300 executivos no Brasil em 24 anos de presença no país.


Publicado em: baguete.com.br

Por: Mariana Murara


7 visualizações0 comentário
bottom of page