top of page

Entenda o balanço ajustado da Americanas e os R$20,4 bilhões de VPC fabricadas



A Americanas finalmente publicou seu balanço de 2022, após seguidos atrasos. O lucro líquido de 2021, inicialmente relatado em R$ 0,5 bilhão, foi ajustado para um prejuízo de R$ 6,2 bilhões, enquanto o EBITDA positivo de R$ 2 bilhões foi corrigido para um EBITDA negativo de R$ 3,4 bilhões.



O balanço final de 2022 registra um prejuízo do exercício de R$ 12,9 bilhões, contrastando com o resultado acumulado até setembro/22, divulgado anteriormente, que mostrava um prejuízo de R$ 200 milhões.



O patrimônio líquido também foi corrigido, colocado em terreno negativo desde 2021 - quando o saldo final foi de menos R$ 12,6 bilhões e chegando a negativos R$ 26,6 bilhões de PL consolidado em 2022.


Interessante rever a apresentação de resultados de 2021 (divulgada em 14 de abril de 2022 na qual o CEO Miguel Gutierrez havia definido o desempenho da Americanas como “um ano histórico”.


O relatório anual de 2021 destaca que como integrante do Novo Mercado da B3 a Americanas é destaque em praticas de governança corporativa com indicadores de dar inveja:




Destaque especial é dado aos Comitês que atuam para assegurar a o monitoramento da qualidade das Demonstrações Financeiras :



A Americanas, como varias empresas importantes do mercado brasileiro e global, enaltece o valor agregado por suas politicas de ESG (ambiental, Social e de Governança). Todos indicadores abstratos que tem a intenção de construir uma imagem de empresa preocupada e focada com todos esses fatores socio ambientais extremamente importantes. Das 159 páginas do relatório de 2021 somente duas paginas são dedicadas ao "Destaque Financeiro" as demais em sua grande maioria destacam os atrativos ES (G), da Americanas.




Voltando ao tema financeiro, o endividamento bruto, que havia sido divulgado em 2021 como R$ 7,8 bilhões foi ajustado para R$ 37,3 bilhões.


A apresentação dos resultados de 2022 explica que o principal instrumento da fraude foi a utilização de cartas de VPC "fabricadas"

VPC se refere a Verba de Propaganda Cooperada, e o relatório indica que do total da fraude de R$25,2 bilhões, R$ 20,4 bilhões se referem a VPC (verba de propaganda Cooperada).


Segundo o relatório o resultado de 2021 foi impactado em R$3,5 bilhões por cartas fabricadas de VPC, e isso quer dizer que só nesse ano a empresa teve 15,5% da sua Receita Liquida em VPC fraudados.


O relatório não divulga desde quando a fraude acontece mas assumindo a média de R$ 3 bilhões por ano a fraude já acontece a pelo menos 7 anos, e nenhum dos controles de Governança, Comites, Conselhos, Auditorias internas e externas foi capaz de detectar ou ao menos desconfiar que os numeros poderiam estar errados?



Varias empresas vem dando grande destaque a suas ações ESG, claro sempre mais as ações E (ambientais) e S (sociais) e menos as G (governança). São ações importantes, mas que não podem desviar o foco do objetivo principal de qualquer empresa, que é o resultado financeiro.



Por: Klaus Ehmke Akurat Consultoria

26 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page