Desktop anuncia aquisição da Infolog TI, empresa provedora de internet



A Desktop (DESK3) anunciou a compra da Infolog TI Tecnologia, empresa provedora de internet. O valor da operação foi de R$ 10 milhões. A aquisição foi feita pela controlada da Desktop, Netion Soluções em Internet Via Rádio. A Infolog presta serviços de internet de banda larga com tecnologia de fibra óptica na região da Baixada Santista (SP), operando nos municípios de São Vicente e Praia Grande. Segundo a Desktop, a companhia cresce “em ritmo bastante acelerado, em linha para fechar o ano de 2021 com aproximadamente 16 mil assinantes, uma receita bruta anual de aproximadamente R$ 17 milhões de reais e um Ebitda (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de aproximadamente R$ 5,5 milhões.” A aquisição da Infolog “consolida a presença da Desktop na região, além de se tratar de uma transação oportunística e com grande potencial de ganhos operacionais.” A Desktop afirma que “foram mapeadas sinergias operacionais e administrativas que totalizaram aproximadamente R$ 2 milhões incrementais ao EBITDA mencionado. A companhia complementa: “Além dos R$ 10 milhões relativos à operação, os vendedores terão direito de receber uma parcela adicional de até R$ 12 milhões de reais) atrelada ao número de clientes migrados para a rede da Desktop ao final de 180 dias e que serão pagos em 60 parcelas mensais. A empresa informa que a consumação da operação está sujeita à implementação de determinadas condições usuais em operações dessa natureza.” Desktop fez IPO em julho de 2021 A empresa, que fez sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) em julho último, é a maior provedora de serviços de internet do Estado de São Paulo, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O IPO movimentou R$ 822,5 milhões com a emissão de 35 milhões de ações ordinárias. A companhia teve uma demanda de seis vezes o book e emplacou a operação majoritariamente com investidores institucionais brasileiros, como Navi e JGP, de acordo com o jornal Valor Econômico. Ela atua, majoritariamente, no mercado de prestação de serviços de banda larga com tecnologia de fibra óptica de alta velocidade voltado para o consumidor física. Mais de 99% dos clientes tem produtos de internet, sendo que 93% possuem planos com banda larga e os demais com banda larga e TV digital. 95% da base possui planos de acesso à internet via fibra ótica. Em maio deste ano, a empresa operava mais de 16.500 quilômetros de redes próprias de fibra ótica, contando com mais de 321 mil usuários ativos, em 53 cidades no interior paulista. A receita líquida de serviços da Desktop, no ano passado, teve um avanço de 47% frente a 2019, para R$ 167,08 milhões. O lucro líquido saiu de R$ 21,83 milhões, em 2019, para R$ 26,59 milhões, em 2020, perfazendo um crescimento de 22%.


Publicado em: suno.com.br

107 visualizações0 comentário