top of page

Desktop analisa aquisições



A provedora de serviços de internet de banda larga Desktop segue de olho em aquisições para expandir sua presença no Estado de São Paulo. A empresa conta com dez memorandos de intenção para futuras compras. A empresa fez oito aquisições desde sua estreia na B3, em julho do ano passado, e deve manter o ritmo nos próximos trimestres. “Estamos com a agenda bastante movimentada, olhando ativos que estejam nas adjacências da operação e tenham liderança regional”, disse Denio Alves Lindo, presidente da empresa. A aquisição mais recente foi a Infolog, provedor de serviços com 16 mil assinantes em São Vicente e na Praia Grande, no litoral Sul do Estado, por R$ 10 milhões iniciais. “O foco está em fusões e aquisições para potencializar o crescimento orgânico” [operacional], completou Lindo. Atualmente, os memorandos de intenções assinados para possíveis negociações somam 420 mil potenciais novos assinantes de serviços de banda larga no Estado, informou Bruno Leão, diretor financeiro e de relações com investidores da empresa. Até o fim de março, a Desktop alcançou 667 mil assinantes, com alta de 163% em relação ao mesmo período de 2021. A cobertura foi de 33 para 125 cidades. Para financiar a expansão, a empresa elevou a alavancagem e encerrou o primeiro trimestre com uma dívida líquida de R$ 723,9 milhões. Segundo Leão, 80% da dívida tem perfil de longo prazo. Neste trimestre, a Desktop estreará em duas regiões do Estado, sendo uma operacionalmente e outra por compra, disse o diretor. O avanço da inflação gerou menos impacto no índice de inadimplentes no primeiro trimestre do que nos três últimos meses de 2021, segundo o presidente. “Como é um serviço essencial, estamos renegociando as parcelas de pagamento”, afirmou Lindo.


Publicado em: valor.globo.com

11 visualizações0 comentário
bottom of page