CI&T registra receita líquida de R$456,8M



CI&T (NYSE: CINT, “Companhia”), especialista digital global, anunciou que obteve uma receita líquida de R$ 456,8 milhões no 4T21, um crescimento de 72% em relação ao mesmo período do ano anterior. A receita líquida em moeda constante cresceu 69% na comparação. Esse desempenho foi atribuído à expansão dos contratos atuais, combinada com a adição no trimestre de 19 novos clientes com receita acima de R$ 1,0 milhão nos últimos doze meses – de 75 para 94 clientes. Ainda, a companhia teve um aumento do lucro líquido, registrando R$ 47,7 milhões, 62% superior ao mesmo trimestre de 2020. O EBITDA ajustado no trimestre foi de R$ 101,8 milhões, um aumento de 78,1% em relação ao 4T20. Já em 2021, foi de R$ 324,1 milhões, 36,2% superior ao de 2020, com margem de 22,4%, abaixo do nível de 24,9% reportado em 2020. “Estamos muito satisfeitos por encerrar 2021 com resultados robustos, superando nossa orientação de crescimento para o trimestre e o ano em nosso primeiro final de ano como empresa de capital aberto. Esse crescimento foi impulsionado pela maior demanda de clientes existentes, a adição de novos clientes ao nosso portfólio combinado com nossa estratégia seletiva de Fusão e Aquisição (M&A). Adicionamos 36 novos clientes com receita anual acima de R$ 1 milhão, totalizando 94 em 2021. Nossa concentração de 10 maiores clientes reduziu de 67% de nossa receita líquida em 2020 para 54% em 2021. Também estamos fornecendo uma forte orientação de crescimento para 2022. Foi um grande ano, e estou muito orgulhoso”, esclarece Cesar Gon, CEO da CI&T. A companhia também reduziu a concentração de clientes no top 1 e 10 de 21% e 72% no 4T20, respectivamente, para 16% e 54% no 4T21, e diversificou a composição de receita por verticais do setor. Embora todos os segmentos tenham apresentado crescimento significativo, Tecnologia, Mídia e Telecom (TMT) e Varejo e Manufatura foram as verticais que cresceram mais rapidamente em termos de receita do 4T21 em relação ao 4T20. Em termos geográficos, Brasil e EUA continuam sendo os mercados mais relevantes para a CI&T. A operação nos EUA registrou a maior taxa de crescimento orgânico de 50% no 4T21 em relação ao 4T20. Perspectiva de negócios A expectativa da CI&T é que a receita líquida no primeiro trimestre de 2022 seja de, pelo menos, R$ 485,0 milhões, um crescimento de 64% em relação à receita líquida de R$ 296,3 milhões no primeiro trimestre de 2021. Para todo o ano de 2022, esperam que a receita líquida seja de pelo menos R$ 2.250 milhões ou US$ 433 milhões, um crescimento de 56% em relação à receita líquida de R$ 1.444 milhões em 2021. Além disso, estimam que o EBITDA ajustado seja de pelo menos 20% para todo o ano de 2022. Este guidance para 2022 pressupõe uma taxa de câmbio média de 5,20 reais por dólar americano para o ano inteiro. “Agora, vamos mover os olhos para a frente. O digital é a resposta para reconectar as empresas a uma nova geração de consumidores. O resultado é uma demanda secular por serviços digitais no mundo corporativo e uma oportunidade extraordinária para uma década de alto crescimento para CI&T. Nossa densidade de talentos permite uma jornada de criação de valor de longo prazo para nossos acionistas por meio de alto crescimento e lucratividade. E para nossas comunidades é resolver problemas humanos complexos, promover a diversidade e a inclusão, e ESG em uma perspectiva mais ampla, contribuindo concretamente para fazer um mundo melhor. É a equação de construir uma empresa que faça sentido através das lentes do futuro e não do passado”, conclui Gon. Sobre a CI&T: A CI&T (NYSE:CINT) é uma especialista digital global, e parceira da transformação digital de ponta a ponta para mais de 50 Grandes Corporações e Empresas em Rápido Crescimento. Como nativos digitais, trazemos um histórico de 27 anos de aceleração do impacto nos negócios por meio de soluções digitais completas e escaláveis. Com presença global em 8 países com um modelo de negócios de nearshore delivery, a CI&T é a Empregadora de Escolha de mais de 6.000 profissionais em estratégia, pesquisa, ciência de dados, design e engenharia, alavancando crescimento de receita, impulsionando experiências dos consumidores e aumentando a eficiência operacional de seus clientes. *Com participação da jornalista Vitória Soler.


Publicado em: panoramamercantil.com.br


3 visualizações0 comentário