CI&T adquire empresa de produtos digitais Somo para crescer na Europa



A CI&T, multinacional brasileira de soluções digitais, anunciou nesta sexta-feira (14) a aquisição da Somo, empresa de produtos digitais com sede no Reino Unido. A aquisição tem como objetivo acelerar o crescimento da CI&T na Europa, região que é o segundo maior mercado de serviços digitais da companhia no mundo. O valor da negociação foi de £ 49,2 milhões – cerca de R$ 370 milhões em conversão direta. Do montante, 25% serão pagos com ações de classe A da CI&T. O negócio também prevê uma cláusula de earn-out de até £ 9,8 milhões (cerca de R$ 75 milhões) com base no desempenho futuro. Com escritórios no Reino Unido, Estados Unidos e Colômbia, a Somo oferece soluções com foco em gerar escala e em projetos de transformação digital. A empresa atende diversas verticais, incluindo serviços financeiros, automotivos, serviços públicos e telecomunicações. Clientes como Audi, Vanguard, Vodafone e Virgin Media já realizaram projetos com a companhia. “A Somo e a CI&T têm uma cultura semelhante: as pessoas em primeiro lugar, orientadas à inovação e uma forte reputação com marcas globais. Juntas seremos capazes de combinar o poder de uma companhia global com a força de um forte player europeu”, afirmou Cesar Gon, fundador e CEO da CI&T, em um comunicado. Com a aquisição, a CI&T também passa a integrar quase 300 especialistas digitais da Somo. “Estamos comprometidos em ajudar a CI&T a alcançar a expansão internacional na região, aproveitando a ampla experiência da equipe de liderança da Somo em negócios com crescimento global”, comentam os cofundadores da Somo, Nick Hynes, CEO, e Carl Uminski, COO da empresa, também em nota. A Somo registrou aproximadamente £25 milhões (US$ 34 milhões) em receita líquida em 2021. O resultado representou um crescimento de 41% em relação ao ano anterior. A conclusão da transação está sujeita ao cumprimento das condições habituais de closing e deve ocorrer no primeiro trimestre de 2022.


Publicado em: itforum.com.br


0 visualização0 comentário