top of page

Americanas adia balanços pela 4ª vez

Empresa diz que foi “vítima de uma fraude sofisticada e muito bem arquitetada”


Em recuperação judicial, a rede Americanas adiou pela quarta vez a divulgação do balanço de 2022. A empresa havia prometido publicar as demonstrações financeiras do ano passado em 13 de novembro, mas anunciou nesta segunda-feira (13) que o prazo foi prorrogado para a quinta-feira (16).


O motivo do adiamento, segundo a Americanas, é a necessidade de concluir “ritos internos de governança da empresa”. A empresa também afirmou que foi vítima de uma “fraude sofisticada e muito bem arquitetada”, o que teria atrasado o processo de auditoria das demonstrações financeiras.


A publicação do balanço é condição obrigatória para que a Americanas consiga fechar um acordo com seus credores. A empresa tem até 31 de dezembro para apresentar os resultados do primeiro, segundo e terceiro trimestres deste ano.


Na semana passada, a B3 suspendeu a Americanas do segmento Novo Mercado, na primeira vez que uma empresa foi suspensa do segmento de mais alto grau de governança da bolsa brasileira. A Americanas afirma que vai recorrer da decisão.


Veja as datas em que a Americanas teria que divulgar os balanços financeiros de 2022:

  • 24.mar.2023 – a empresa disse ter identificado a necessidade de revisar e avaliar os dados;

  • 30.ago.2023 – a varejista informou que não havia concluído as análises;

  • 27.out.2023 – a companhia atribuiu o adiamento ao surgimento de novas informações e documentos “cuja análise exige um período de tempo incremental àquele anteriormente previsto”;

  • 3.nov.2023 – empresa adia e diz que foi “vítima de uma fraude sofisticada e muito bem arquitetada”


Fonte: money report.com.br


10 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page