Alemanha aprova projeto de lei sobre aquisição de empresas estratégicas



O governo alemão aprovou nesta quarta-feira uma iniciativa que fortalece o controle das tentativas de compra de empresas estratégicas por investidores estrangeiros, como parte de uma reforma acelerada pela pandemia de coronavírus. Este projeto busca fortalecer a legislação e priorizar "a preservação dos interesses de segurança alemães", em particular "o fornecimento de certos bens essenciais, como vacinas", explicou o ministro da Economia, Peter Altmaier. No mês passado, o governo de Angela Merkel acusou os Estados Unidos de tentar se apropriar de um projeto de vacina contra o coronavírus desenvolvido pelo laboratório alemão Curevac. Sob pressão de Berlim, a empresa alemã rejeitou a oferta. Berlim já tem a possibilidade de bloquear aquisições de mais de 10% do capital em áreas consideradas "sensíveis", como defesa e telecomunicações, robótica, inteligência artificial e biotecnologia, se a operação representar um perigo para a segurança pública. Uma simples suspeita de ameaça contra algum país da União Europeia - e não apenas contra a Alemanha - será suficiente para iniciar um controle pelo Ministério da Economia. A pandemia de coronavírus tornou mais uma vez urgente essa reforma, enquanto as empresas alemãs, especialmente na área médica, são cobiçadas por potências estrangeiras.


Publicado em: em.com.br


11 visualizações
Akurat Consultoria Empresarial
Rua Dr. Cesar, 1161 - Conj. 505
Santana- São Paulo - SP

mail: akurat@akurat.com​.br