Ações da dona do Burger King disparam após cancelamento da compra da Domino’s



As ações da BK Brasil dispararam nesta segunda-feira (1º) após a operadora brasileira de redes de fast-food anunciar que cancelou um acordo com o grupo de private equity Vinci Partners para comprar a Domino’s Pizza no país. Segundo um documento protocolado no domingo, a transação foi cancelada devido às condições adversas do mercado. As ações do BK Brasil subiam 8,6% às 12:43, enquanto o Ibovespa avançava 1,7%. O BK havia anunciado em meados de julho acordo para adquirir a Domino’s Pizza Brasil, o que a tornaria na maior operadora de fast-food do país. A Vinci deteria 16,4% das ações do BK Brasil. “As partes reavaliaram as atuais condições de mercado vis a vis as condições à época da negociação e assinatura do referido acordo de associação”, diz trecho do documento. Desde o anúncio do negócio, as ações do BK Brasil caíram cerca de 40%. A BK Brasil, dona das marcas Burger King e Popeyes no país, disse que a rescisão estabeleceu um direito de preferência de 12 meses para a BK igualar qualquer oferta de um terceiro no caso de um acordo de venda da Domino’s. A rescisão do contrato não acarreta penalidades, acrescentou BK. Analistas da Goldman Sachs disseram esperar que a medida seja recebida positivamente pelo mercado, apesar de verem “mérito estratégico” na associação. “A rescisão … reduz a complexidade dos negócios em um momento em que as condições operacionais de curto prazo permanecem voláteis, permitindo que a administração se concentre novamente na normalização dos principais negócios BK e Popeyes do Burger King Brasil”, disseram os analistas.


Publicado em: cnnbrasil.com.br


2 visualizações0 comentário