Empresas de software querem usar contratos com governo como garantia



A Associação Brasileira das Empresas de Software, Abes, levou ao Ministério da Economia uma proposta de uso de contratos públicos como garantia em pedidos de empréstimos. O mecanismo seria uma das formas de financiar atividades inovadoras. O assunto foi um dos temas da reunião dos representantes do setor com o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa. Como lembrou a Abes, trata-se da área do governo responsável pela digitalização dos serviços públicos. A entidade considera que há problemas no fomento e financiamento da inovação e a por isso defende a necessidade de que seja estudado um novo sistema de garantias para a aprovação de financiamentos pelos bancos oficiais e outras agências. “Inclusive a possibilidade de se estudar uma forma de gerar um documento nas vendas públicas que possa ser usando como garantia, um verdadeiro recebível, com boas possiblidades de liquidez”, defendeu o presidente da associação, Francisco Camargo. * Com informações da Abes

Publicado em: Convergência Digital

#NoticiasdeTI

8 visualizações
Akurat Consultoria Empresarial
Rua Dr. Cesar, 1161 - Conj. 505
Santana- São Paulo - SP

mail: akurat@akurat.com​.br