Compra do controle da rede Caçula pela Pirelli recebe aval do Cade



Apesar de a autarquia identificar sobreposição horizontal, a operação não gera concentração de mercado

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a aquisição do controle da rede Caçula, que atua no comércio varejista e atacadista de pneus, pela Pirelli. O valor do negócio não foi revelado.

O despacho foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (28).

Distribuidora de produtos da Pirelli no Brasil, a Caçula possui uma rede de varejo que inclui a operação de 38 pontos de venda dedicados principalmente à venda de pneus, mas também de acessórios automotivos e serviços relacionados.

Nesta operação, a empresa venderá 34 pontos de venda para a Pirelli. Os quatro pontos de venda restantes ou aqueles que não forem adquiridos pela Pirelli no fechamento da transação poderão ser comprados em outra oportunidade, segundo as empresas.

Após a transação, a Pirelli passará a deter 100% do capital social do Veículo Caçula. A Caçula ficará dedicada à comercialização de pneus e acessórios automotivos, por meio do e-commerce e nos pontos de venda que não forem abrangidos pela operação.

Em seu parecer, a Superintendência-Geral (SG) do Cade identificou sobreposição horizontal na aquisição da rede Caçula pela Pirelli no mercado de revenda de pneus para veículos de passeio nos municípios de São Paulo, Atibaia, Jundiaí, Americana, Limeira, Piracicaba e Campinas. Mas, a operação não gera concentração de mercado devido à baixa participação detida pela Caçula e pela Pirelli nesses nichos.

“Dessa forma, a aquisição da rede Caçula pela Pirelli não causa preocupações concorrenciais no que se refere à sobreposição horizontal entre as requerentes, pois os market shares resultantes dentro dos municípios em que atuam são baixos”, diz o texto.

O negócio também possui integração vertical na fabricação e comercialização de pneus e de distribuição de pneus no atacado e no varejo, mas é incapaz de levantar preocupações concorrenciais no que diz respeito à possibilidade de fechamento de mercado. Por conta disso, a SG deu sinal verde para a operação.

A Caçula e a Pirelli foram representadas na operação pelo Veirano Advogados.

Publicado em: LexisNexis

#MA #FusõeseAquisições #SetorAutomobilístico

Akurat Consultoria Empresarial
Rua Dr. Cesar, 1161 - Conj. 505
Santana- São Paulo - SP

mail: akurat@akurat.com​.br