Multilaser contrata bancos para fazer IPO



A lista de empresas que farão oferta de ações no primeiro semestre já começou a ter ajustes.

Vai entrar na fila a fabricante de produtos de informática Multilaser, que contratou os bancos Safra, J.P. Morgan, Itaú BBA, Citi, Bradesco BBI e BB Investimentos para seu IPO, segundo o Valor apurou.

Os principais sócios da Multilaser são Alexandre Ostrowiecki e Renato Feder, que ransformaram a empresa que fazia reciclagem de cartuchos de impressora em uma das maiores fabricantes de tablets, notebooks e smartphones do país, com faturamento de cerca de R$ 2 bilhões. Há um ano, a companhia entrou no segmento de eletroportáteis, com fabricação de itens de cozinha, cuidados pessoais e limpeza doméstica e aumentou o investimento no complexo industrial em Extrema, Sul de Minas Gerais. A Multilaser deve pedir registro de empresa aberta à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nas próximas semanas. Na fila da B3, as operadoras de saúde Hapvida e Intermédica devem estrear na bolsa com dois dias de diferença. Fontes ligadas às ofertas dizem que a coincidência de datas pode atrapalhar o volume total, mas que há interesse para as duas empresas, que tiveram forte crescimento e são rentáveis. A listagem de ambas está prevista para abril. Por outro lado, a varejista de brinquedos Ri Happy cancelou sua oferta e a varejista de artigos esportivos Centauro tem encontrado dificuldade em obter interesse firme de investidores. No caso da Ri Happy, pesou o fato de que o setor tem apresentado queda de rentabilidade globalmente, especialmente em lojas físicas. O anúncio da gigante americana Toy' R' Us de encerramento de atividades, há uma semana, acabou afetando ainda mais a confiança dos investidores. No caso da Centauro, que entrou com pedido de oferta em novembro, os bancos têm sentido dificuldade em vender uma história de crescimento para uma companhia que, há seis meses, fez uma reestruturação de dívida. Fontes próximas à empresa consideram que a companhia pode ter que provar um bom desempenho no ano de Copa para deixar investidores mais interessados. "A janela de mercado continua aberta, mas para histórias sólidas", diz o presidente de um banco estrangeiro. A Centauro pode ser a quarta desistência, se não quiser aceitar um preço baixo. Em janeiro, a Algar Telecom cancelou a oferta após vender participação a um fundo e a Blau Farmacêutica suspendeu o processo até maio. Investidores mais seletivos e tendência à maior volatilidade no segundo semestre explicam porque os bancos estão menos otimistas com o cenário de ofertas para o ano, no comparativo com 2017.

No ano passado, foram mais de R$ 40 bilhões em ofertas primárias e secundárias. De acordo com quatro bancos consultados, o volume pode não chegar à metade disso em 2018. O volume total vai depender de duas grandes operações em planejamento, as ofertas secundárias da Braskem e da Vale.

Valor Econômico Jornalista: Maria Luíza Filgueiras

Leia mais em http://www.valor.com.br/financas/5410237/multilaser-contrata-bancos-para-fazer-ipo

#MA #NoticiasdeTI

2 visualizações
Akurat Consultoria Empresarial
Rua Dr. Cesar, 1161 - Conj. 505
Santana- São Paulo - SP

mail: akurat@akurat.com​.br